Editor's Rating

Um espaço que é uma verdadeira homenagem à gastronomia e cultura dos países de língua portuguesa.

7
Ambiente
9
Atendimento
7
Comida
7
Preço/Qualidade
5
Localização

Em Coimbra existe um restaurante que faz uma verdadeira homenagem à gastronomia e cultura dos países de língua portuguesa. É assim possível viajar por estes lugares da lusofonia, conhecer um pouco dos seus hábitos e costumes, tudo sem sequer sair de Portugal! Chama-se Língua – Restaurante Lusófono porque é afinal assim que nasce esta ligação: o português que nos une e todos os sabores exóticos, já conhecidos ou ainda por descobrir. Esta é pois uma viagem agora acessível a todos, meros curiosos ou eternos saudosistas.

E foi precisamente a saudade, esse sentimento tão inexplicável e só nosso, que esteve na origem da abertura do restaurante Língua. O dono é português, com pais oriundos de Cabo Verde e Moçambique, que quando se viu sozinho em Coimbra, sem acesso regular aos pratos de que tanto gostava, decidiu ele próprio trazer essas ligações internacionais para a cidade e assim proporcionar esta viagem através da comida.

Aliás, foi também a mistura desses sentimentos, curiosidade e saudade, que decidiu o pedido dos nossos pratos. Com entradas, pratos, sobremesas e bebidas dos vários países representados, tentámos então diversificar ao máximo esta nossa viagem gastronómica, sem esquecer que um passeio destes em família deve agradar a miúdos e graúdos. E foi mesmo o que aconteceu!

Os miúdos recomendam o frango de amendoim (Moçambique), os adultos não esquecem o delicioso abacate com atum (Guiné-Bissau), a moqueca de peixe (Brasil) – devolveu à nossa memória o sabor aveludado do leite de coco e as últimas férias no Brasil – e o pudim de queijo (Cabo Verde).

E ainda o jarro Carmen Miranda, uma das bebidas de autor existentes que relembram grandes figuras históricas da lusofonia (existe até um livrinho com os respectivos ingredientes e a biografia das personalidades) e que ajudou à celebração e à alegria que o lugar transmite.

Ficaram, claro, muitos sabores por provar: a sopa lacassá (Macau), a cachupa (Cabo Verde), a muamba de galinha (Angola) e até o quindim (Brasil), já da nova temporada – a ementa muda com frequência –, são apenas alguns dos exemplos. São excelentes alternativas que fizeram os olhos dos miúdos brilhar, adivinhando assim uma nova visita em breve!

Frasco de picante sacana sobre uma ementa do restaurante Língua.
“Picante Sacana”, um dos produtos onde é preciso ter cuidado.
Entradas e jarro da bebida Cármen Miranda sobre uma mesa do restaurante língua
Entradas acompanhadas de uma deliciosa “Carmen Miranda” .

Apesar das (nossas) inúmeras peripécias para chegarmos ao restaurante Língua (ver como chegar), este é sem dúvida um espaço bem simpático, de ambiente muito acolhedor e atendimento cinco estrelas. Vale muito a pena ser visitado!

Pratos de frango de amendoim, abacate com atum e moqueca de peixe, acompanhados por arroz, no restaurante língua
No meio de tão fantásticas propostas, o melhor é mesmo escolher vários pratos.

E, para além dos deliciosos pratos provenientes dos vários países lusófonos espalhados pelo mundo, podem ainda encontrar livros de culinária para consulta, bem como as bebidas das mais famosas marcas desses países. Contem também com prato do dia de segunda a sexta-feira e jantares temáticos.

Como chegar
Para os interessados nesta aventura gastronómica, há a sublinhar que o restaurante Língua está num pequeno beco de nome Fanado e não existe nenhuma placa toponímica com essa informação. O nosso GPS não reconheceu o local e as várias pessoas a quem pedimos ajuda na rua também não sabiam bem onde ficava. O Beco do Fanado é uma transversal à Rua da Sofia (na baixa da cidade) e existe uma farmácia na esquina.
Onde ficar
Se desejar pernoitar na cidade de Coimbra, consulte as propostas de alojamento que o nosso parceiro booking.com tem para lhe oferecer.
Mapa

Língua – Restaurante Lusófono

Beco do Fanado | 3000-166 COIMBRA
Telef.: 239 158 005 | Email: geral@lingua.com.pf
URL: http://www.lingua.com.pt
Encerra à segunda-feira
Preço médio por prato: 12 euros